Parque Nacional Durmitor

Este Parque Natural, património mundial da UNESCO desde 1980, situa-se no norte de Montenegro e tem no Monte Durmitor (com mais de 2500 metros) o seu centro. Além deste maciço rochoso, aqui podemos encontrar ainda o maior desfiladeiro da Europa entre outros desfiladeiros de rios, sendo o Tara o mais conhecido. Para amantes de caminhada, escalada e até mesmo de desportos de inverno nas alturas mais propicias do ano, este Parque Natural é imperdível.

As paisagens verdejantes à chegada contrastam com as massas rochosas que se erguem no horizonte.

IMG_0734_edited1
IMG_0746_edited1
IMG_0351_edited1

A pequena e familiar localidade de Zabljak recebe-nos antes de entrarmos no Parque Natural propriamente dito, apenas guiados pelas coordenadas do GPS. Contávamos encontrar um estacionamento à chegada mas parece que afinal, dado o grande fluxo de visitantes, o estacionamento faz-se mesmo na berma da estrada à entrada do Parque, num caos organizado que funciona e é seguro. Na bilheteira disseram-nos que não era preciso pagar o estacionamento ali, mas pelo sim pelo não confirmem.

Após uma caminhada já no interior do Parque e depois de termos pago o bilhete (preços descritos abaixo), damos de caras com uma das suas imagens de marca, o Lago Negro (Crno Jezero) e a sua floresta circundante. O silêncio e a mistura de elementos naturais aqui existente deixaram-nos sem palavras.

IMG_0361_edited1

IMG_0565_edited1

Existe um trilho em volta deste Lago glaciar, com poucos desníveis e fácil durante o Verão, que dura aproximadamente 3h e tem uma distância de 4 km. Dizemos que é fácil durante o Verão porque na época das chuvas parece que algumas pequenas cascatas e riachos atravessam o caminho, não o tornando intransitável mas dificultando a sua travessia. O Centro de Visitantes fica também perto do Lago Negro, onde poderão obter informações que considerem importantes.

IMG_0430_edited1

IMG_0438_edited1

IMG_0555_edited1

Outro ponto que visitámos foi o Miradouro de Curevac, o ponto de onde se consegue ter a melhor vista para o desfiladeiro do rio Tara. À chegada, dão com um pequeno largo com um café (coordenadas 43.193896, 19.089645) que vende bebidas e onde um vigilante nos pede que apresentemos o bilhete ou que compremos um, sendo que o bilhete é o mesmo em qualquer ponto do Parque, não tendo que o pagar em vários pontos de entrada desde que seja utilizado no mesmo dia. O trilho parecia ser curto, com um banco de madeira num miradouro com vista para o desfiladeiro quase logo à entrada. Mas o verdadeiro espectáculo encontrava-se no final de um trilho de 30 minutos, devidamente identificado, onde nos depará-nos com um imenso desfiladeiro e com várias pedras onde sentar a absorver, bem como nós gostamos.

IMG_0960_edited1
IMG_0993_edited1

IMG_0987_edited1

Se tiverem tempo, espírito aventureiro e preparação física, existe ainda o um trilho num outro local que leva a Bobotov Kuk, o pico mais alto desta montanha. Pelo que lemos, o trilho não é fácil, deve apenas ser realizado em dias amenos e sem chuva, podendo durar mais de 5 horas para o realizar nos dois sentidos, dada a exigência dos 5,5km de extensão deste trilho. Outro ponto histórico e fotográfico é a Ponte Djurdjevica, considerada a mais bonita do Montenegro, que nos permite ver o desfiladeiro do Tara de uma outra perspectiva. Infelizmente, por falta de tempo, não conseguimos visitar nenhum destes últimos dois pontos. Assim temos a desculpa ideal para um dia lá voltar!

Tirando isto, o ideal mesmo é circular pelo Parque, a pé ou de carro, e deixarmo-nos encantar pelos detalhes que a natureza delicadamente preparou para nós.

IMG_1069_edited1

Como chegar: Chegar de transportes públicos a Zabljak a partir de outros pontos do Montenegro pode ser demorado, dado que apenas está disponível o autocarro que  por exemplo, a partir de Podgorica, demora perto de 3 horas. Nós optámos pelo aluguer do carro, que nos deu uma autonomia completamente diferente para podermos explorar os diversos pontos do Parque Natural que queríamos visitar.

Preço para entrada no Parque Natural: A entrada no Parque Natural é de 3€ por dia por pessoa (com a opção de compra de bilhete para 3 dias a 6€). Estacionamento (2€). Ao comprarem o bilhete num ponto de entrada do Parque, mesmo que saiam e voltem a entrar noutro ponto do Parque no mesmo dia, não tornam a pagar bilhete. Existem vários Vigilantes pelo Parque que podem ir fiscalizando e pedir que apresentem os bilhetes.

Onde ficar: Ficámos hospedados no Hotel Zlatni Bor. Não sendo um hotel propriamente dito, era um alojamento que cumpria os requisitos mínimos e mesmo sem ter sido especificado nos colocou num quarto com cozinha equipada. A insonorização não era fantástica, mas tivemos sorte com a vizinhança. Por 45€ tivemos uma noite com pequeno almoço incluído.

Onde comer: Um pouco sem querer, deparámo-nos com o Restaurante Durmitor antes de partirmos de Zabljak em direção ao sul do país. Com comida tradicional montenegrina, tem uma esplanada acolhedora e por menos de 10€ por pessoa é possível fazer uma refeição completa.

Dicas extra:

  • Utilizem a aplicação Maps.me que permite fazer o download dos mapas do locais que quisermos e que, mesmo offline e com os serviços de localização ligados, vos orienta pelos trilhos para os pontos principais que quiserem visitar a pé. Utilizámos a aplicação no trilho do Lago Negro e no Monte Curevac e foi óptimo.
  • Vimos muitas “operações stop” e controlos de velocidade da Polícia nesta zona, pelo que aconselhamos máxima prudência para evitar que tenham uma “surpresa” que estrague as férias.
  • Não existem muitos locais para adquirir bebidas ou até mesmo casas de banho distribuídas pelo Parque. Aconselhamo-vos assim a tomar as devidas precauções nesse sentido, dado que as temperaturas no Verão podem ser superiores a 40º.

5 thoughts on “Parque Nacional Durmitor

    1. Não chegámos a ir conhecer a Albânia, mas o Montenegro foi definitivamente uma agradável surpresa. Ainda bem que te pudemos de alguma maneira inspirar com as fotos que fomos partilhando. Assim tens o pretexto ideal para lá voltar e conhecer o que aquele país tem de melhor para oferecer 🙂

      Liked by 1 person

  1. Muito Bom!
    Não conhecia mesmo nada de Montenegro mas estou a ficar encantado com as vossas aventuras!! E excelente trabalho de divulgação! Muito esclarecedor!
    É também bom saber que existem sitios fantasticos e acessiveis no preço!
    *Montenegro adicionado à lista*

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.