Osaka

Na província de Kansai, bem no centro do Japão, Osaka é a segunda maior área metropolitana deste país. Pode não ser das cidades mais bonitas por onde passámos, mas a sua agitação aliada a toda a experiência sensorial que nos permite pelos sons, sabores, cheiros e luzes abundantes, fez-nos guardar óptimas memórias que não mais serão esquecidas. E sim, acima de tudo, Osaka é ideal para quem gosta de comer e quer experimentar as riquezas da gastronomia nipónica, ou não fosse associada localmente ao lema “kuidaore“, que não significa mais do que “comer até cair para o lado”.

Continue reading “Osaka”

Nara

Apesar de hoje passar relativamente despercebida, a cidade de Nara é um dos principais berços da história do Japão e foi, em tempos, a capital do país. A sua proximidade com Quioto e Osaka levam a que seja extremamente fácil chegar ao seu centro histórico, mesmo através de transportes públicos, numa visita que nos leva a viajar pela história do Japão, numa cidade que possui 8 Patrimónios Mundiais da Unesco.

Continue reading “Nara”

Rituais dos templos e santuários japoneses

Em cada viagem acabamos sempre por, em momentos mais ou menos frequentes, sentir a diversidade cultural do local por onde passamos. O Japão não é excepção a isso, sendo que também a própria barreira linguística não facilita o entendimento prévio de vários rituais e comportamentos que se vêem com pouco por todo o lado, especialmente nos templos e nos santuários. Para entrarmos na verdadeira vivência (também espiritual) que o Japão tem para no oferecer, pensámos em descrever um pouco os diversos rituais que existem e são realizados nestes locais de culto do Japão, de forma facilitar a integração de quem planeia sentir o país do Sol Nascente.

Continue reading “Rituais dos templos e santuários japoneses”

Tóquio

Tóquio é a capital e maior metrópole do Japão. Ao contrário do que se pensa, não é apenas uma cidade, mas sim uma das 47 províncias deste país, que abrange no seu interior vários distritos (ou bairros) e municípios. Entre os seus 35 milhões de habitantes, consegue contrastar a tecnologia de ponta e o modernismo arquitectónico, com as tradições ancestrais e templos isolados. Posto isto, estão a ver a imensidão de coisas para ver, com um planeamento que tem de ser muito bem pensado por cada pessoa que visita esta metrópole, de forma a ir ao encontro das expectativas de cada um. E acreditem, Tóquio vai bem ao encontro de todas essas expectativas, tendo-nos transportado como que para outra dimensão ao longo de dois (curtos!) dias, neste que seria o nosso primeiro contacto com este país.

Continue reading “Tóquio”